Banho de sol e de chuva na Paulista

Artistas montam barraca na avenida e divertem quem passa pelo local

Marcela Spinosa, SÃO PAULO, O Estadao de S.Paulo

07 de março de 2009 | 00h00

Dois grupos de artistas resolveram aproveitar o calor com um programa inusitado: banho de sol em plena Avenida Paulista, às 12h30, com 32°C registrados nos termômetros da via. Com biquínis, sungas, bermudas e roupas de surfe, a turma de 15 pessoas estendeu cangas, esteiras e cadeiras de praia no canteiro central da via em frente ao Masp e armou barraca, churrasqueira e guarda-sol na entrada do Parque Trianon. Nem a chuva do meio da tarde tirou a animação do grupo, que aproveitou para jogar bola e até surfar com uma boia na água acumulada na avenida."Trata-se do confronto do desejo com a realidade", disse o idealizador da intervenção, o ator Ivan Kraut, de 31 anos. "Sempre tínhamos o desejo de saber se seria bom tomar banho de sol em São Paulo e resolvemos democratizar o espaço público", disse. A ideia de transformar a Paulista em praia surgiu quando o grupo estava no litoral. "Caminhávamos de sunga imaginando como seria legal andar assim na cidade", disse.Para garantir a diversão ao longo do dia, já que eles pretendiam ficar por lá até o por do sol, o grupo levou barraca, isopor com bastante gelo, pipas, carvão para churrasco, rádio, violão e bola, entre outros. Com um regador cheio de água, o grupo se refrescava. ENTRE QUATRO PAREDES"Acho triste o modo como vivemos trancados dentro de casa e escritórios. Ficar em um espaço quase nu nos torna mais humanos, as pessoas ficam mais abertas para se conhecerem", disse a performer Daniela Boni, de 26 anos. A ação chamou a atenção de quem circulava pela Paulista. "Achei a ideia sensacional, mas só ficaria de biquíni se houvesse uma piscina", disse a advogada Livia Domingues, de 29 anos. Sua colega Roberta Silveira, de 41 anos, não é da mesma opinião. "Se isso virar moda, não vai dar certo, porque às vezes as pessoas cruzam os limites", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.