Barco é assaltado no meio do Rio Solimões e passageiros ficam presos no porão

Oito passageiros foram agredidos com coronhadas; eles foram encontrados pela PM

Liege Albuquerque, O Estado de S. Paulo

08 de agosto de 2011 | 12h11

MANAUS - Um barco com 150 passageiros e 10 tripulantes foi assaltado no meio do Rio Solimões, no final da manhã de domingo. Oito passageiros foram agredidos com coronhadas e são atendidos em um hospital em Manacapuru, a 70 quilômetros de Manaus.

 

Os passageiros e a tripulação foram presos pelos piratas no porão da embarcação, onde foram encontrados às 2h da madrugada desta segunda-feira, 8, segundo a assessoria da Polícia Militar.

 

De acordo com a assessoria da PM, cerca de seis piratas teriam abordado o barco Fênix durante a viagem e roubado dinheiro, joias, lap tops e outros objetos de valor dos passageiros, além de agredir alguns que tentaram reagir. A ação teria durado cerca de uma hora, com os ladrões jogando em sacos os objetos roubados e fugindo no barco onde estavam, além de outro da própria embarcação.

 

 

O barco roubado foi abandonado a cerca de 20 quilômetros do local do assalto. Segundo a PM, ainda não há pistas dos autores do assalto. De acordo com a assessoria, cerca de dois ataques de piratas são registrados por semana nos rios do Amazonas, com área de atuação principalmente próxima aos portos da capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.