Barco vira com sete pessoas e duas morrem

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Jales encontraram na tarde desta segunda-feira dois corpos, das quatro vítimas que estavam desaparecidas desde domingo, quando o barco em que estavam virou. Eles foram identificados como Aldo Rodrigues Nogueira e Emerson Silva Oliveira. As buscas continuam para encontrar Ederson Ferrari e José Antonio Carpi.Segundo o policial civil de Santa Fé do Sul, José Antonio Rubinho de Araújo, todas as vítimas do acidente moram em Jales. Elas estavam hospedadas num rancho de veraneio que fica na área de lazer Águas Claras. As vítimas saíram para um passeio com a embarcação, quando uma rajada de vento virou um bote de seis metros de comprimento. A embarcação levava sete pessoas no Rio Grande, perto da área de lazer, distante quatro quilômetros de Santa Fé do Sul. O acidente foi às 16h30 de domingo. Três pessoas que estavam a bordo chegaram nadando até margem. Fabiano Rodrigo da Silva e Márcio José Begio conseguiram arrastar para fora da água o garoto Lucas Nagata Carpi, de 6 anos. Outras quatro pessoas estavam desaparecidas, das quais duas já foram localizadas.Os sobreviventes adultos passam bem. Mas a criança sofreu princípio de afogamento e está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base (HB) de São José do Rio Preto. Os sobreviventes disseram à polícia que o motor parou de funcionar e as ondas da água viraram o barco. De acordo com Araújo, a embarcação foi localizada ontem à tarde no fundo do rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.