Barretos tem 1º caso de dengue hemorrágica

Barretos, a 425 quilômetros de São Paulo, registra o primeiro caso de dengue hemorrágica neste ano. O município tem o maior número de casos do Estado - 1.769. Segundo dados da Superintendência de Controles de Endemias (Sucen), uma mulher de 24 anos que ficou internada alguns dias na Santa Casa de Barretos no final de fevereiro foi o primeiro caso confirmado da região pelo Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), de São Paulo. Outros seis casos suspeitos de dengue hemorrágica estão sendo analisados, dois de Guaíra e os outros quatro, respectivamente, de Barretos, Ribeirão Preto, Jardinópolis e Borborema. O médico da Santa Casa, José Alberto Armênio, que tinha diagnosticado clinicamente a dengue hemorrágica, faz um alerta à população. "O risco de dengue hemorrágica é baixo, se o diagnóstico for precoce, e o paciente tomar muito líquido, o que evita até a internação." Segundo Armênio, o quadro clínico da mulher foi o pior que ele já viu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.