Barretos tem mais 75 casos de dengue

A nova tabela de casos de dengue na região de Ribeirão Preto, divulgada hoje pela Superintendência do Controle de Endemias (Sucen), apontou um acréscimo de 75 novos casos da doença em Barretos, que já registra 222 casos positivos - 206 autóctones e 16 sem classificação. O prefeito de Barretos, Uebe Rezeck (PMDB), enviou uma nota à imprensa defendendo-se das críticas e atacando o ministro da Saúde, José Serra. Ele acredita que o quadro é endêmico e não epidêmico.Para a Sucen, Barretos vive uma epidemia, pois foram registrados ainda, entre outubro e dezembro, 97 outros casos, além dos 222 deste ano. A vizinha Guaíra tem 24 casos, dos quais 6 são importados e 3 sem classificação. Colômbia tem 7 casos, enquanto Ribeirão Preto está com 16 casos, sendo 11 importados."Ora, Barretos apresentou 259 casos em 1995, 1.087 casos em 1996, época em que a cidade era governada pelo PSDB e até aí, para o senhor ministro, tudo bem. Em 1997, 6 casos; em 1998, 40 casos; em 1999, 18 casos e em 2000, 152 casos (não estão computados aqui os resultados divulgados ontem) e aí vem o senhor ministro dizer que o prefeito é mole! Mole é o senhor ministro que com todo o poderio que tem não consegue deter a propagação da dengue no País.", afirma Rezeck na nota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.