Base da Polícia Militar é alvo de tiros em São Paulo

A base da Polícia Militar (PM) no Parque Novo Mundo, zona Norte de São Paulo, foi alvo de tiros neste domingo pela manhã. Segundo a assessoria de imprensa da PM, ninguém se feriu durante os disparos, que começaram por volta de 9 horas. De acordo com a PM, não é possível afirmar, ainda, a participação de facções criminosas no ocorrido. A polícia diz que fez uma operação de buscas na região, mas não encontrou nenhum suspeito. A PM também não confirma se os tiros chegaram a atingir a base. Informa, apenas, que os policiais ouviram estampidos no local. Em maio do ano passado, o Estado de São Paulo sofreu uma onda de ataques criminosos. À época, a polícia atribuiu as investidas à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). No dia 14 de setembro de 2006, a Comissão Especial do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH) apresentou um relatório preliminar sobre as mortes ocorridas entre os dias 12 e 20 de maio. O documento apontava que 82 crimes cometidos no período eram de autoria ainda desconhecida pela polícia e apresentavam indícios de execução - havia casos de pessoas mortas com até 21 tiros.

Agencia Estado,

08 Abril 2007 | 19h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.