Base móvel já flagrou 29 veículos poluindo

Além da inspeção veicular, a Prefeitura começou a agir de outras formas para tentar barrar veículos poluentes. Uma delas é uma base móvel,de fiscalização da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), que na primeira semana de atuação - entre 2 e 6 de fevereiro - flagrou 29 veículos fabricados antes de 2003 poluindo acima do permitido. Os donos serão convocados para fazer a inspeção e poderão ter o licenciamento bloqueado, caso descumpram a determinação. A inspeção veicular é obrigatória neste ano para automóveis e motos fabricados entre 2003 e 2008. Desde que começou, no dia 2 deste mês, foram inspecionados 16,8 mil veículos, dos quais 3,4 mil foram reprovados. A previsão é de que toda a frota paulistana seja inspecionada em 2010. A decisão de começar as análises pelos modelos mais novos provocou críticas, mas a SVMA prometeu monitorar também os mais velhos nas ruas, por meio da unidade móvel de fiscalização."Temos um radar móvel que vai ficar circulando pela cidade para pegar os poluidores que não passam pela inspeção neste ano. Detectamos 29 nesta primeira semana, mas podemos pegar muito mais daqui pra frente", diz o secretário do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge. A van com os equipamentos fica parada cada dia em um ponto da cidade. Nas duas primeiras semanas do mês, o veículo esteve nas Avenidas Imirim e na Souza Bandeira, ambas na zona norte. Nesta semana, ela estará na zona sul - a SVMA não divulga o local. As medições são feitas com os veículos em movimento por meio de equipamentos que também fotografam as placas. A Secretaria estima que sejam feitas aproximadamente 4 mil medições diárias. A partir do momento em que receberem a carta convocatória, os proprietários terão 30 dias para realizar a inspeção. Eles precisarão passar pelo mesmo processo dos demais motoristas, agendando a análise no site da empresa Controlar - www.controlar.com.br - e, depois, pagando a taxa de R$ 52,73.

Renato Machado e Diego Zanchetta, O Estadao de S.Paulo

18 Fevereiro 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.