Baterista de "Bulimia" e namorado morrem afogados

Um banho na piscina natural do Vale da Lua, na Chapada dos Veadeiros, a 300 quilômetros de Brasília, acabou em tragédia para a baterista da banda de rock Bulimia, Maria Berila Gandolfo Conceição, de 26 anos, e seu namorado, o paulista Fábio Cabral da Silva, 26. Eles morreram provavelmente afogados em uma queda d?água de vários metros de altura, comum nesta época do ano, que ocorre em uma piscina natural de oito metros de profundidade, proibida para banhistas.A Chapada dos Veadeiros é uma região próxima de Brasília de grande afluxo de pessoas, principalmente nos feriados, por causa de suas belíssimas cachoeiras, trilhas ecológicas e a prática do turismo ecológico. Maria Berila era baterista da banda brasiliense Bulimia, formada apenas por mulheres, e preparava-se para lançar o CD E você se julgava incapaz, o primeiro de sua carreira. O lançamento estava marcado para este final de semana. Já seu namorado, Fábio da Silva, veio de São Paulo para encontrá-la e decidiram ir a Chapada dos Veadeiros passar o fim de semana.O Corpo de Bombeiros do DF, que fez o resgate dos corpos nesta terça-feira, ainda não sabe a causa da morte do casal. O Instituto Médico Legal (IML) de Formosa (GO), para onde os corpos foram levados, só deve divulgar nesta quinta-feira o laudo da causa-mortis do casal. Mesmo assim, há suspeita de que Fábio tenha começado a se afogar, e Berila tenha tentado salvá-lo, vindo a morrer também.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.