Bazar é opção de compra vantajosa

Roupas com até 90% de desconto e produtos cuja renda é revertida para projetos sociais estão entre as boas dicas

Valéria França, O Estadao de S.Paulo

08 de dezembro de 2008 | 00h00

Com a proximidade do final do ano, começam a pipocar na cidade os bazares natalinos. Grandes confecções aproveitam para esgotar os estoques de coleções passadas, organizando queimas, com descontos que chegam a 70%. É o caso da Iódice, marca fashionista, com três dias de vendas especiais. Há também os bazares beneficentes, que repassam parte do arrecadado a projetos sociais. A grife feminina Madrid, nos Jardins, destina 20% das vendas à Cruz Vermelha. Na Vila Mariana, o paulistano compra peças de cerâmica e mosaico para ajudar o projeto Oficina Pedacinho de Arte, idealizado para tirar crianças carentes das ruas, ensinando trabalho artesanal. Abaixo, algumas das boas compras de Natal da cidade.BAZAR DO BEMOrganizado para arrecadar recursos para entidades beneficentes nipo-brasileiras. São 30 expositores. Há produtos tipicamente orientais, caso dos futons e das cadeiras de massagem. Os expositores colaboram com doações de roupas e alimentos. Aos visitantes, recomenda-se levar 1 quilo de alimento não-perecível, roupas usadas e presentes. Ginásio do Bunkyo, Rua São Joaquim, 381, Liberdade. Dias 6, 7, 20 e 21. CAMPERConhecida pelos sapatos confortáveis, a marca espanhola montou bazar no fundo da loja dos Jardins, com descontos de até 60%. Tênis de lona colorido baixou de R$ 533 para R$ 215,20, e o de camurça de R$ 598 para R$ 239. Rua Oscar Freire, 809, Jardins; tel.: (11) 3063-5920. De segunda a sexta, das 10 às 20h, sábado, das 10 às 19h, e domingo, das 13 às 19h. Até 31 de dezembro. IÓDICESão 12 mil peças masculinas e femininas, com descontos de até 70%. Há calças por R$ 50 e vestidos de malha por a partir de R$ 80. Importante: não pode experimentar. Pagamentos à vista para compras até R$ 120. Acima desse valor é possível dividir. Rua Costa Carvalho, 166, Pinheiros, tel.: (11) 3094-3180. Das 11h às 19h. De 10 a 13.MADRIDO bazar destina 10% das vendas à Cruz Vermelha. As peças são da coleção atual da grife, o que é raro nesse tipo de venda. Os descontos são progressivos: duas peças ganham 10%, quatro peças, 20%, seis, 30%, e oito, 40%. Moda jovem feminina, a Madrid tem, por exemplo, vestido de alcinha longo, de viscose estampada por R$ 440 e calça saroel de malha por R$ 296. Rua Oscar Freire, 329, sala 2; tel.: (11) 3083-2719. De segunda a sexta, das 10h às 19h, e sábado, das 11h às 15h. Até 25 de dezembro. OFICINA PEDACINHOS DA ARTE Foi criada pela mosaicista Marcella Muñoz para tirar jovens carentes da rua e introduzi-los no mercado de trabalho artesanal. Peças de mosaico, velas e cerâmicas à venda por entre R$ 5 e R$ 300. Do total arrecadado, 20 % fica para a entidade. Rua Botucatu, 397, Clementino, tel.: (11) 5083-8111. De segunda a sexta, das 9h às 21h. Até dia 18. PHILOSOFFÉEA especialidade da grife é a alfaiataria feminina. Um vestido tomara-que-caia xadrez sai por R$ 400. Custava R$ 920. Alameda Campinas, 728, cj 84, Jardins; tel.: (11) 3284-9314. Segunda a sexta, das 9h30 às 18h30, e sábado com horário marcado. Até 23 de dezembro. SERGIO K Moda masculina para adultos e crianças, segue um estilo moderno-arrumadinho. No bazar, peças de coleções anteriores. Em média, os descontos variam de 60% a 90%. Rua Oscar Freire, 964, Jardins, tel.: (11) 3062-9694. De segunda a sábado, das 10 às 20h, e domingo, do meio-dia às 18h. Até janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.