Bêbado, mecânico pega carro de cliente e atropela duas adolescentes

Bêbado e sem autorização de sua cliente, o mecânico Rivaldo Antonio da Silva, de 35 anos, pegou o Kadett marrom, placas CHS 7408/SP, que estava em sua oficina e saiu pelas ruas da zona Leste de São Paulo. Minutos depois, por volta das 21h30, ao perder o controle do carro, na Avenida Patrocínio Paulista, em Cidade Patriarca, Rivaldo subiu na calçada e atingiu Karine Gisele Ribeiro da Costa, de 14 anos, e sua colega, Jerciane da Paz Oliveira, 15 anos, que voltavam da escola. Policiais militares da 5ª Companhia do 8º Batalhão, em patrulhamento pela mesma avenida, começara a perseguir o Kadett, que estava em alta velocidade, mas não sabiam que o motorista fugia após ter atropelado as meninas. Ao pararem o veículo, os policiais foram informados por testemunhas sobre o ocorrido. Karine e Jerciane foram encaminhadas do pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, em Itaquera, onde a adolescente de 14 anos segue internada em estado grave vítima de traumatismo craniano. Sua amiga já está fora de perigo. O mecânico foi encaminhado ao 21º Distrito Policial, em Vila Matilde, e indiciado por apropriação indébita e omissão de socorro pela delegada Maria Sabadini.

Agencia Estado,

15 Fevereiro 2006 | 07h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.