Bebê de oito meses morre após agressão da mãe em PE

Nervosa pelo fato de o marido tê-la abandonado, mulher teria batido a cabeça da criança contra o chão

Angela Lacerda, do Estadão,

21 de agosto de 2007 | 15h06

O bebê Maria Eduarda da Silva, de oito meses, morreu nesta terça-feira, 21, no Hospital da Restauração, no Recife, em decorrência de traumatismo craniano provocado pela mãe, Elânia Maria da Silva, de 19 anos. A agressão ocorreu na quinta-feira passado, na agrovila em que moravam, no município de Rio Formoso, na zona da mata sul de Pernambuco. Depois de ter negado o crime, Elânia confessou que estava desesperada e embriagada - o pai da criança teria abandonado a família - e, por vingança, bateu a cabeça da filha no chão. Ela pediu socorro a vizinhos a quem disse que o bebê havia caído de cima da mesa.   A criança foi levada para a urgência pediátrica do hospital. A mãe teve prisão decretada pelo juiz de Rio Formoso, Fábio Melo, e será encaminhada ainda nesta terça para a Colônia Penal Feminina, na capital pernambucana.

Tudo o que sabemos sobre:
Infanticídiomãe assassina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.