Bebê de seis meses sobrevive a acidente que matou quatro em MG

Um bebê do sexo feminino, de apenas seis meses, foi o único sobrevivente de um acidente ocorrido na tarde de quarta-feira, na Via Expressa, próximo ao bairro João Pinheiro, região oeste de Belo Horizonte. Quatro pessoas que estavam no Ford Escort de placa GSM-2361 morreram, em conseqüência da colisão frontal desse veículo com um ônibus da linha 1126, placa GVH-5210, que seguia para o bairro Eldorado. Dirigido por Robson Antônio da Silva, de 44 anos, o carro atravessou a pista e bateu de frente com o coletivo. Além de Robson, morreram, sua mulher, Cristiane Mota Mesquita da Silva, de 25 anos, Marcelo Neto de Oliveira e uma garotinha de sete anos. Vários passageiros do coletivo ficaram feridos e foram socorridos nos Hospital Odilon Behrens e PS João XXIII. O acidente prejudicou por cerca de uma hora o trânsito da Via Expressa, no sentido Belo Horizonte. Apenas com escoriações, a menina de seis meses foi socorrida pelo resgate. A Justiça irá determinar a quem ela será entregue.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.