Bebê é internado após se engasgar com crack em SC

Pais afirmaram que filho havia engasgado enquanto comia um biscoito; criança não corre risco de morrer

Priscila Trindade, Central de Notícias

09 Novembro 2010 | 15h51

SÃO PAULO - Um bebê de nove meses está internado desde o dia dois de novembro por ter ingerido crack em Araquari (SC). A criança foi socorrida pela Polícia Militar (PM) em estado grave e levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os pais afirmaram que o filho havia engasgado enquanto comia um biscoito, mas os socorristas desconfiaram dos sintomas do menor.

O delegado Raphael Souza Werling de Oliveira pediu que fosse realizada uma análise na urina da criança para descobrir qual substância teria causado o sufocamento. O laudo feito pelo Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina confirmou que a criança havia ingerido o entorpecente. O resultado do exame foi entregue ontem à delegacia de polícia do município, que investiga o caso. Segundo a polícia, o bebê continua internado num hospital em Joinville, mas não corre o risco de morrer.

Os pais do bebê foram indiciados por lesão corporal grave. Oliveira afirmou que pretende finalizar o inquérito ainda hoje. A Justiça irá determinar com quem ficará a guarda da criança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.