Bebê é mantido como refém no Rio

Uma menina de apenas seis meses foi mantida como refém pelo próprio pai, sob ameaça de uma faca, durante toda a manhã deste sábado. O cozinheiro desempregado Francisco Paulino da Silva, de 33 anos, aparentemente tomado por uma crise de ciúmes da mulher, ameaçava matar a bebê, em sua casa, na Estrada do Pontal, Recreio do Bandeirantes, na Zona Oeste da cidade.A casa foi cercada por policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 31º BPM (Barra da Tijuca). Pouco antes do meio-dia, eles conseguiram convencer o pai a libertar a filha e se entregar.A mãe da criança, Fabiana Cordeiro de Souza, de 24 anos, e outros parentes acompanharam à distância toda a negociação, que se estendeu por mais de quatro horas. O bebê foi levado ao Hospital Lourenço Jorge, na Barra, e o cozinheiro, que estava bêbado, para a 16ª DP, também na Barra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.