Bebê morre após ser abandonado pela mãe

Uma criança recém-nascida morreu anteontem à noite após ter sido abandonada pela mãe dentro de uma sacola plástica em um ponto de ônibus na região central de Brasília. Raquel Lopes Cordeiro, de 28 anos, teve o bebê na tarde sábado em um parto improvisado dentro de um quarto de hotel. Após abandonar a menina de pouco mais de 3 quilos, procurou atendimento médico. Ao se deparar com o cordão umbilical exposto, o médico que cuidava de Raquel desconfiou e chamou a polícia. A mãe, que informou o local do abandono, pode ser denunciada por infanticídio ou abandono de incapaz.Após uma gravidez indesejada, Raquel deixou a residência na Cidade Ocidental (GO), para realizar o parto com a ajuda de um amigo em um hotel no centro de Brasília. "Ela nos disse que o principal problema era o trabalho, onde as pessoas desconheciam a gravidez", disse o delegado Gustavo Farias, que cuida do caso. Raquel é recepcionista em um bar na área nobre da capital.A mãe abandonou a filha recém-nascida em local próximo dos hospitais Base e Sarah Kubitschek. Sagrando muito, a recepcionista procurou, em seguida, atendimento em outro hospital, o Regional da Asa Norte."Ela tinha sangramento vaginal e o médico que a atendia retirou o cordão umbilical. Na sequência, foi retirada a placenta. A paciente foi internada e a polícia foi acionada", afirmou o chefe do plantão do hospital, Fernando Moraes.Segundo a polícia, a criança foi encontrada viva, mas em estado gravíssimo. Estima-se que o bebê tenha ficado cerca de três horas dentro da sacola. Após dar entrada no hospital, a recém-nascida morreu.O delegado Gustavo Farias disse que estão sendo feitas análises no corpo do bebê para que seja possível estabelecer o tipo de crime que foi cometido. Não está descartada a possibilidade de que Raquel tenha tentado matar a criança antes de abandoná-la.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.