Bebê morre durante temporal em São Paulo

A Zona Oeste de São Paulo foi a região com maior número de ocorrências em razão do temporal que caiu por volta de 17 horas na cidade. Em Pinheiros, um bebê de aproximadamente oito meses morreu aparentemente por afogamento, dentro da residência localizada à Rua Padre João Gonçalves, 50. Segundo o Corpo de Bombeiros, quando os homens da corporação chegaram ao local, populares já tinham retirado o bebê e os bombeiros o levaram ao Hospital das Clínicas, onde foi constatada sua morte.Uma árvore também caiu na Praça Charles Muller, em frente ao Estádio do Pacaembu. Segundo o Corpo de Bombeiros, que já está providenciando a remoção da árvore, não houve vítimas.Falta luz - Neste momento, muitos bairros estão sem energia elétrica. De acordo com a Eletropaulo, Pacaembu, Vila Madalena, Sumaré, Alto da Lapa, Pompéia, Morumbi, Jardins, Casa Verde, Moema e Consolação, foram os locais mais afetados. A empresa de energia elétrica também informou que 90% dos casos registrados deveriam estar solucionados até as 19 horas. Semáforos localizados nas avenidas Brasil e República do Líbano estão apagados.Carros arrastados - Na Rua Girassol, na Vila Madalena, Zona Oeste, a enxurrada foi tão forte que sete carros foram arrastados por cerca de trezentos metros e muitos ficaram prensados em uma viela entre um prédio e uma oficina mecânica. Sob esta viela, há uma galeria de águas pluviais. A força da enxurrada no local fez com que um Fusca afundasse totalmente. O veículo está dentro desta galeria e, segundo testemunhas, haveria um outro automóvel, um Voyage, também submerso na galeria. Os dois pavimentos do estacionamento do prédio próximo à viela ficaram totalmente inundados. Segundo o zelador do prédio, cinco veículos ficaram engavetados e submersos. O pavimento da Rua Girassol, que já foi interditada, está totalmente destruído.Na Rua Cardeal Arcoverde, o asfalto explodiu, desprendeu-se da via, e também está provocando a interdição do trecho. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) não tem informações sobre a ocorrência.A CET informou ainda que na Rua Girassol esquina com Rua Luis Murad, a chuva provocou a abertura de um buraco de dois metros de comprimento por dois metros de profundidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.