Bebedouro tem quase mil casos de dengue em 2007

A dengue continua preocupando em municípios da região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Em Bebedouro, a situação já é tratada como epidemia, pois a cidade tem 940 casos confirmados da doença e outras 1.374 notificações suspeitas aguardam os resultados de exames. A expectativa é que 80% dos casos suspeitos sejam positivos. O município está se mobilizando para tentar evitar o avanço da epidemia e vai contratar 25 novos agentes de vetores para se juntarem aos 21 que já atuam e os 20 cedidos pelo Estado. Em Ribeirão Preto já são 289 casos no ano (128 deles registrados em março).Em 2006, Bebedouro teve 454 casos, sendo a maioria no final do ano, praticamente colaborando para o atual quadro de dengue. Segundo dados do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), do Estado, até o dia 16 deste mês, a cidade era a terceira com mais casos, computava até então 518 ocorrências positivas, abaixo de Birigui (804) e Araçatuba (724). Em todo o Estado havia 7.808 casos confirmados da doença. Ribeirão Preto só tinha 91 confirmações pela tabela do CVE, mas a Vigilância Epidemiológica do município informa que já são 289 casos no ano, o que está levando os cem agentes do Controle de Vetores a intensificarem o combate ao mosquito Aedes aegypti, o transmissor da doença.Dengue hemorrágicaA Vigilância Epidemiológica de Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo, confirmou na quinta-feira, 22, o primeiro caso de dengue hemorrágica, o tipo mais perigoso da doença, na cidade. O doente, no entanto, contraiu a dengue no Mato Grosso do Sul. O paciente, um homem de 24 anos, continuava internado nesta sexta-feira na Santa Casa local. Ele recebe também acompanhamento de técnicos da Vigilância.O tipo do vírus causador da doença só será conhecido quando ficarem prontos outros exames. Foram adotadas medidas para evitar a disseminação da doença, entre elas a nebulização das casas num raio de 200 metros da residência do paciente. A cidade registrou este ano 16 casos confirmados da dengue, dos quais 11 são importados, mas ainda não tinha registro da dengue hemorrágica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.