Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bebês foram trocados por erro de enfermeira

O médico Francisco Ramos Otero, diretor clínico do hospital São Luiz, de Boituva, onde dois bebês foram trocados no final de semana, atribuiu o erro a um descuido de uma enfermeira. Ele esclareceu que as mães das duas crianças receberam alta na noite de sábado e, ao saírem do hospital, foram juntas até o berçário pegar os filhos. Por engano, a enfermeira trocou as crianças. Segundo ele, os bebês estavam devidamente identificados com uma pulseira contendo o nome da mãe e a hora do parto. "Os pais também não perceberam a troca. Uma das mães só foi se dar conta no dia seguinte, quando a criança era banhada." Ela reside em Iperó, cidade vizinha, que não tem maternidade. Segundo o diretor, assim que o casal retornou ao hospital com o bebê trocado, funcionários foram à casa do outro casal, que reside na própria cidade. "Assim, o engano foi desfeito." Embora já tenha identificado a autora do erro, o diretor determinou a abertura de sindicância para cumprir exigência do Conselho Regional de Medicina. O hospital, de caráter filantrópico, é mantido por uma fundação. Os dois casais foram atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), responsável por 90% dos atendimentos.

Agencia Estado,

12 de julho de 2004 | 18h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.