Beira-Mar deixa presídio no PR para depor sob escolta

Com interrogatório marcado pela 5ª Vara Federal do Rio para segunda-feira, 5, o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, saiu nesta quinta-feira, 1º, sob escolta da Polícia Federal(PF), do presídio de Catanduvas, no Paraná.A PF mantém em sigilo detalhes do itinerário e os horários de chegada do traficante, mas era previsto que ele chegasse ao Espírito Santo na noite desta quinta. O processo para o qual está marcado o interrogatório está sob segredo de Justiça. Beira-Mar, é considerado um dos maiores traficantes de armas e drogas da América Latina, tanto que foi o primeiro preso a ser transferido para o recém-inaugurado presídio federal de Catanduvas. Ele foi preso em 2001, na Colômbia, onde estava foragido sob a proteção das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.