Beira-Mar depõe hoje em presídio de MS

O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, e sete testemunhas de acusação serão ouvidos amanhã, dentro do Presídio Federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. "O Beira-Mar pode ser morto fora do presídio, e por isso a audiência será dentro da penitenciária. Foi permitida a entrada no local de sete ou oito testemunhas, as demais serão ouvidas por carta precatória", disse o juiz federal Odilon de Oliveira, responsável pelo processo, aberto em 2000, quando foi apreendida uma agenda com nomes dos contatos de Beira-Mar no Estado e no Paraguai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.