Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Beira-Mar desembarca em Maceió

O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, desembarcou, por volta das 17h50 desta quinta-feira, no Aeroporto Zumbi dos Palmares, de um avião Cessna da Polícia Federal, que havia deixado o Aeroporto de Brasília no início da tarde desta quinta.Beira-Mar chegou escoltado por cerca de 60 homens do Comando De Operações Especiais (COB) da Polícia Federal. Do aeroporto, onde a segurança foi reforçada com mais de 50 agentes da PF, ele foi levado de helicóptero para a sede da superintendência da PF em Alagoas, que fica no bairro de Jaraguá.O superintendente da PF em Alagoas, José Paulo Rubim Rodrigues, disse que só se pronuncia depois da chegada do traficante à sede da Polícia Federal. O governador Ronaldo Lessa (PSB) concede entrevista no início da noite, no palácio do governo.A vinda de Beira-Mar para Alagoas provocou nota de repúdio assinada pela bancada do Estado no Senado Federal. Os senadores Renan Calheiros (PMDB), Teotônio Villela Filho (PSDB) e a senadora Heloísa Helena (PT) divulgaram, nesta quinta à tarde, uma nota de repúdio, dizendo que Alagoas não está preparada para receber um traficante internacional do porte de Beira-Mar.O título da nota diz: "A bancada de Alagoas condena a transferência de Beira-Mar". O Sindicato dos Policiais Federais também vai divulgar nota condenando a transferência do traficante.O presidente em exercício do sindicato da PF em Alagoas, Valdir Sá Leite, disse que a população de Alagoas passa, a partir de agora, a correr riscos, porque a PF, segundo ele, não está estruturada para receber um bandido desse porte. Veja o especial:

Agencia Estado,

27 de março de 2003 | 18h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.