Beira-Mar volta para presídio no interior de SP

O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, chegou por volta de 1 hora da madrugada desta terça-feira ao aeroporto de Presidente Prudente e seguiu direto para o Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, no interior de São Paulo, mesmo local onde esteve por 29 dias em março e abril. A transferência do traficante da sede da Polícia Federal (PF) em Maceio, em Alagoas, após 39 dias, para a penitenciária de segurança máxima de Presidente Bernardes aconteceu sob um forte esquema de segurança e mantida em sigilo pela PF. Beira-Mar completaria nesta terça-feira 40 dias na prisão em Maceió, prazo máximo estipulado pelo governo de Alagoas para permanência do preso no estado. O mesmo fato aconteceu quando o traficante foi transferido do Rio de Janeiro para Presidente Bernardes, em março. Na ocasião, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, aceitou Beira-Mar no máximo um mês, até que o governo encontrasse outro lugar para abrigá-lo. No 29º dia, Beira-mar foi transferido para Maceió. Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.