Benedita diz que há "manobras" para inviabilizar democracia

A governadora do Estado do Rio de Janeiro e candidata à reeleição, Benedita da Silva (PT), afirmou hoje acreditar que existem "manobras para inviabilizar o processo democrático no Estado do Rio". "Querem espalhar um clima de medo na cidade", disse a governadora, sem relacionar o fechamento do comércio e de escolas com nenhuma organização criminosa ou grupo político. A governadora disse considerar "estranho" o fato de todas as escolas da rede municipal terem sido fechadas às 7 horas da manhã, enquanto as da rede estadual não terem recebido nenhuma ameaça ou comunicado para o fechamento. Benedita convocou uma reunião com prefeitos e empresários para discutir o problema. Nove pessoas já foram presas acusadas de espalhar boatos pela cidade como ameaças de traficantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.