Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Beraldo é eleito presidente da Assembléia de SP

O deputado Sidney Beraldo (PSDB) foi eleito neste sábado presidente da Assembléia Legislativa de São Paulo em sessão que marcou a posse dos 94 parlamentares eleitos para a 15ª legislatura, com mandato até 15 de março de 2007. Beraldo foi eleito por 93 votos para um período de dois anos.A eleição da nova mesa diretora da AssembléiaLegislativa foi feita cargo a cargo, segundo a coreografia de um acordo costurado entreo PT e o PSDB, os dois maiores partidos da casa.Emidio de Souza (PT) ficou com a primeira secretária e Caldini Crespo (PFL) com asegunda. Marquinhos Tortorello (PPS) e Maria Lucia Prandi (PT) vão ocupar a terceira e quarta secretarias, respectivamente.Para a primeira e segunda vice-presidênciasforam eleitos respectivamente os deputados Roque Barbieri (PTB) e Ary Fossen (PSDB).A sessão, que segundo cálculos da Polícia Militar, reuniu cerca de 5 mil pessoas, teveinício às 16h, com uma hora de atraso, e foi marcada pela comoção das autoridades doLegislativo com a morte do juiz de Execuções Criminais José Antônio Machado Dias,assassinado nesta sexta-feira na cidade de Presidente Prudente.O deputado Celino Cardoso (PSDB), que presidiu os trabalhos, propôs um minuto de silêncio, depois de um rápido discurso em que defendeu o combate ao crime organizado, sem que o poder público sedeixe intimidar por agressões como essa.Apesar do acordo entre PT e PSDB, o novo presidente, Sidney Beraldo, ressaltouque os dois partidos mantêm suas características ideológicas e programáticas. O líderdo PT, Carlinhos de Almeida, endossou a sinalização e disse que o PT vai fiscalizarforte e rigorosamente os atos do governo Geraldo Alckmin (PSDB).O Partido dos Trabalhadores (PT) tem a maior bancada na Assembléia, com 23 deputados, sendo dez reeleitos. Na seqüência vem o PSDB, com 18 parlamentares. Em terceiro aparece o PPB, que elegeu 7 deputados, sendo que três deles cumprirão seu primeiro mandato.PFL (6), PTB (6), PV (5), PPS (5), PSB (5), PMDB (4), PDT (4), PRONA (4), PC do B (2), PL (2), PRP (1), PTN (1) e PGT (1) completam o quadro.

Agencia Estado,

15 de março de 2003 | 20h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.