Bernardo acredita que Lula será reeleito hoje

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse que, apesar de as pesquisas apontaram a possibilidade de a eleição presidencial ser decidida em segundo turno, ele acredita que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva será reeleito neste domingo.Segundo o ministro, que vota em Londrina, há um "empenho" de "vários setores, entre eles a mídia" para a realização do segundo turno. "A democracia prevê dois turnos, e estamos preparados para isso", disse o ministro. Bernardo afirmou que Lula jamais declarou que venceria em primeiro turno.A contrário do que disse o ministro, Lula manifestou diversas vezes, sobretudo na reta final da campanha, que seria reeleito em primeiro turno. "Podem denunciar à vontade, que venceremos em primeiro turno", afirmou recentemente o presidente, referindo-se ao escândalo da compra, promovida por seus assessores imediatos, de um suposto dossiê envolvendo o ex-ministro de Saúde e candidato ao governo de São Paulo, José Serra (PSDB), na máfia dos sanguessugas.Bernardo está de férias e se incorporou à campanha da mulher, Gleisi Hofmann, que disputa uma vaga no Senado. O ministro apareceu ao lado da mulher em anúncios veiculados em jornais de Londrina. Gleisi está em segundo lugar na disputa, liderada pelo tucano Álvaro Dias, que disputa a reeleição. "Vai ter virada", previu o ministro. Pesquisa Ibope divulgada sábado à noite indicou Dias com 48% das intenções de voto e Gleisi com 35%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.