Bernardo tira Gleisi da função de fazer articulação política

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, reforçou ontem que a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, vai se concentrar na gestão de projetos e disse acreditar que a presidente Dilma Rousseff pretende definir de maneira mais clara o papel da Secretaria de Relações Institucionais, responsável pela articulação política. "A missão dela é cuidar da gestão dos projetos, cobrar em nome da presidente a prestação de contas", afirmou. Bernardo disse que a troca na Casa Civil não muda as ações do Executivo. "Ela e o (ex-ministro Antonio) Palocci com certeza têm diferenças no jeitão, mas as prioridades do governo são as mesmas", afirmou, emendando uma brincadeira com sua mulher: "Eu prefiro a Gleisi".

Gustavo Uribe, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.