<b>Estado</b> faz série de reportagens sobre violência no País

De acordo com o estudo divulgado na terça-feira, 27, as mortes por homicídios no Brasil concentram-se em 556 de 5.560 municípios brasileiros, em cerca de 10% das cidades do País. Segundo o estudo elaborado pela Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) com apoio do Ministério da Saúde, a campeã brasileira na taxa de mortes por 100 mil habitantes chama-se Colniza, fica no Mato Grosso, próxima às divisas com Rondônia e Amazonas. Ao contrário do que normalmente se espera, o mapa dos municípios não concentra essa situação apenas nas zonas metropolitanas, em grandes capitais como Rio de Janeiro e São Paulo. Apesar dessas regiões ainda estarem entre as mais violentas do País, em vários casos perdem para municípios pequenos que, aparentemente, não teriam razões para tantas mortes. É o caso de Colniza e boa parte dos 10 municípios mais violentos do País. Nessa lista não está nenhuma capital e, entre os 10, apenas Serra (ES) e Ilha de Itamaracá (PE) figuram em áreas metropolitanas. O Estado publicou uma séria de reportagens especiais sobre o Mapa da Violência no País. O mapa mostra a interiorização dos homicídios, porque ao contrário do que se pensa, esse tipo de crime não se concentra apenas nas zonas metropolitanas, em grandes capitais como Rio de Janeiro e São Paulo. Apesar dessas regiões ainda estarem entre as mais violentas do País, em vários casos perdem para municípios pequenos que, aparentemente, não teriam razões para tantas mortes. Confira abaixo a série de reportagens: Pequenas cidades, muitos crimes ´Madeiras e terras de sangue´ No meio da mata, a campeã em violência Secretário de Meio Ambiente diz que reforçou fiscalização Petróleo e aço trazem riqueza e homicídios Pernambuco: economia e crimes em alta Jovem morre mais nas metrópoles Três rapazes são mortos no meio da rua Em Foz, explosão demográfica e desemprego são foco de tensão São Sebastião, o 11º no ranking da violência juvenil Trindade enfrenta lógica do faroeste

Agencia Estado,

28 Fevereiro 2007 | 15h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.