Beto Richa também usou helicóptero de empresa privada

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), também utilizou aeronave emprestada por um empresário quando precisou viajar de Curitiba para São Paulo, no dia 4 de maio. O fato passaria despercebido se o helicóptero Bell 206L, prefixo PP-JFR, não tivesse sofrido uma pane técnica, que o obrigou a fazer um pouso forçado no Campo de Marte, aeroporto da zona norte da capital paulista.

Evandro Fadel, O Estado de S.Paulo

27 Agosto 2011 | 00h00

Segundo o governo, o helicóptero tinha sido emprestado pelo empresário Jair Rosa, que é da cidade paranaense de Cornélio Procópio, mas é radicado em São Paulo.

Richa tinha saído de Curitiba para uma reunião no banco de investimentos BTG-Pactual, que não tinha sido divulgada antecipadamente. Ele aproveitou a viagem para realizar exames médicos no Hospital Sírio-Libanês.

Durante o deslocamento até a sede do banco, no entanto, o helicóptero apresentou problemas técnicos. Não foi nada grave e ninguém ficou ferido. Na época do incidente, a assessoria do governo informou que o empréstimo do aparelho tinha sido feito sem nenhum custo para o Tesouro estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.