Bimotor cai e pega fogo em Varginha

O avião bimotor, prefixo PT-LFS, caiu e pegou fogo ontem à noite em Varginha, no sul de Minas Gerais, segundos depois de decolar do aeroporto local. O piloto Tiago Ferraro e o co-piloto Paulo Correia de Miranda, únicos ocupantes, conseguiram sair da aeronave antes do incêndio e sofreram apenas escoriações.Segundo a Polícia Militar, o avião, que levava cerca de 250 malotes com cheques e documentos de compensação de depósito de bancos da região, levantou vôo e imediatamente apresentou problemas mecânicos. O aparelho caiu em um cafezal, perto da cabeceira da pista, onde abriu uma clareira de 50 metros.Os bombeiros chegaram rápido, mas não evitaram a destruição completa do avião e de parte dos documentos, que seriam levados para Belo Horizonte. A Rodoban, empresa responsável pelo transporte, não divulgou o prejuízo. Técnicos do Departamento Civil (DAC) recolheram os destroços e devem divulgar laudo sobre as causas do acidente em 30 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.