Bimotor cai sobre casa em Belo Horizonte e deixa 2 feridos

Bimotor cai sobre casa em Belo Horizonte e deixa 2 feridos

Imóvel atingido por avião fica perto de aeroporto e estava vazio no momento do acidente; ocupantes da aeronave foram resgatados conscientes

Alex Capella , Especial para o Estado

29 de novembro de 2014 | 12h10

BELO HORIZONTE – Um bimotor caiu sobre uma casa, neste sábado, 29, no bairro Jardim Montanhês, região Noroeste de Belo Horizonte. O imóvel fica próximo ao aeroporto Carlos Prates, usado para formação de pilotos e aviação comercial e desportiva de pequeno porte. O piloto identificado como Carlos Almeida Cunha Filgueiras e seu aluno, Guilherme Campos Vieira, foram resgatados conscientes, com ferimentos leves e conduzidos ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII.

Na hora do acidente, o imóvel estava vazio. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, com a queda houve uma explosão e o imóvel começou a pegar fogo, que foi logo combatido pelos brigadistas. O incêndio atingiu apenas o telhado do imóvel. O aeroporto Carlos Prates abriga diversas escolas de voo e possui angares para aeronaves de pequeno porte usadas na aviação comercial e desportiva.

Pela norma da Aeronáutica, voos para formação podem ser feitos sobre cidades a uma altura mínima de 300 metros, acima do obstáculo mais alto. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) não soube informar o que teria provocado a queda. A empresa também não confirmou se o instrutor fazia parte de uma escola homologada com certificado de operação expedido pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). As informações ainda estão sendo apuradas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.