Blindado da PM atinge casas na Cidade de Deus e moradores fazem protesto

Segundo a corporação, a PM irá ressarcir os danos provocados pela passagem do blindado

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2019 | 10h45

RIO - Moradores da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio, fizeram um protesto e bloquearam vias importantes do entorno da favela na manhã desta terça-feira, 3. A manifestação ocorreu após um blindado do Batalhão de Operações Especiais (Bope) atingir casas da comunidade durante uma incursão realizada mais cedo. A Polícia Militar confirmou o incidente e informou que irá ressarcir os moradores.

Segundo informações da PM, o Bope estava na favela para confirmar uma informação da inteligência quando o veículo blindado ficou preso em fios elétricos na localidade conhecida como Rocinha 2. Policiais desembarcaram para retirar os fios, e ao sair do local o blindado “chocou-se com algumas moradias”.

 

Ainda de acordo com a PM, a corporação “entrará em contato com os moradores e irá ressarcir os danos provocados pela passagem do blindado”.

Logo após o ocorrido, a rua Edgard Werneck, próximo à Linha Amarela, e a Estrada Marechal Miguel Salazar Mendes de Moraes, foram interditadas devido ao protesto dos moradores. Um ônibus foi atravessado em uma das vias e lixo foi jogado para formar barricadas. A PM e funcionários da Comlurb, que faz a limpeza urbana, foram ao local e tentavam liberar os acessos no meio da manhã.    

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.