Blitze ''educativas'' começam em junho

Secretário da Saúde diz que, inicialmente, comerciantes serão orientados

Fernanda Aranda, O Estadao de S.Paulo

05 de maio de 2009 | 00h00

As blitze "caça-fumaça" entram em operação logo na primeira semana de junho, informou ontem o secretário estadual da Saúde, Luiz Roberto Barradas. "Depois que a lei for sancionada, existe o prazo de 90 dias para a adequação dos locais", afirmou. "Mas, já em junho, faremos blitz educativa, sem aplicação de punição, para orientar os proprietários."Um dos principais problemas quanto à eficácia da lei é justamente o alcance da fiscalização, uma vez que os 500 homens escalados (250 fiscais sanitários e outros 250 do Procon) precisam dar conta dos 6 milhões de fumantes do Estado (21% da população adulta), além dos 90 mil bares, baladas e restaurantes existentes na Grande São Paulo - apenas um dos segmentos que precisará cumprir a lei antifumo. Para equilibrar a equação, Barradas aposta na população, "já que mais de 80% aprova a lei", argumenta ele, e nas denúncias. Por isso, foi informado que serão três canais para informar os infratores: um telefone 0800, um site informativo, além dos telefones dos Procons e das Vigilâncias Sanitárias municipais e estadual.Para atrair integrantes à "esquadrilha da fumaça", o secretário informou que, a partir do dia 15, serão abertas inscrições para os funcionários já contratados das vigilâncias sanitárias. As blitze serão realizadas em turnos de seis horas, incluindo madrugadas e fim de semana. BÔNUS NO SALÁRIOO profissional que participar receberá um bônus salarial (de valor ainda não definido) por plantão realizado. Cada fiscal poderá fazer cinco jornadas por semana. Para ser "multado", o fumante não precisará ser pego fumando. Segundo a Secretaria da Saúde, indícios de fumaça serão suficientes, como a presença de cinzeiros ou bitucas, até mesmo nos cestos de lixo, além da ausência de cartazes sobre a proibição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.