Bloco de sujos

Se não há banheiro químico que chegue, melhor incluir o penico no kit camisinha, estabelecer cota de cerveja para cada folião ou liberar logo a lança-perfume no ar. As autoridades de Saúde Pública no Brasil ainda não se deram conta da gravidade do problema do xixi no carnaval de rua em ebulição nas grandes cidades do País. Por onde passam blocos, trios elétricos ou qualquer outro pretexto de multidão, o cheiro é de matar. À certa altura da batucada, acontece de todos os canteiros, postes, rodas de automóvel, árvores e muros ao redor estarem, simultaneamente, ocupados. Tem gente! Gente que não acaba mais. Sem controle sobre a lotação desses eventos, a prefeitura do Rio quer limitar o tempo dos blocos nas ruas para conter a vazão no fim da festa. Deve ter calculado o volume de xixi produzido por hora num ambiente com 80 mil pessoas movidas a cerveja, em média 5 ou 6 latinhas ao longo do desfile. Se não divulgou o resultado da conta, foi para não alarmar a população. VÍCIO INTELECTUAL Pedro Bial citou o filósofo austríaco Wittgenstein - "Nada é tão difícil quanto não enganar a si próprio" - noite dessas de Big Brother Brasil. Isso quer dizer o seguinte: não sei, sinceramente, não sei! Tô confuso! ESFORÇO REPETIDO Foi de Lula a decisão de imobilizar o dedo polegar de sua mão esquerda. A outra opção de tratamento seria não mantê-lo levantado o tempo todo em sinal de positivo para o eleitor. Brilhante como ela só Foi Lula quem chamou atenção: "Já reparou no brilho no rosto da Dilma?" Desde então, os maquiadores da Casa Civil lutam para corrigir o reflexo nas bochechas e na testa da ministra sob refletores. Te cuida, Roberto Carlos! Ronnie Von, o "Príncipe" da Jovem Guarda, trocou de assessoria de Imprensa. Deve estar pagando uma nota para ser divulgado como "cantor, compositor, empresário, publicitário, escritor, aviador, enólogo, ator, apresentador de TV, uma versão moderna do chamado homem renascentista". Cacilda, né não?! Mais marrom Ana Maria Braga voltou do Caribe com um bronzeado de fazer inveja a Vera Fischer. A apresentadora está quase da cor do Obama. Data vênia Argumento de defesa colhido no burburinho etílico de um pub londrino após a exibição do Brasil diante da Itália: "Do jeito que Robinho está comendo a bola, francamente, difícil acreditar que ele estuprou alguém." Recorde confirmado Discurso de 25 segundos de dona Marisa Letícia em encontro de novos prefeitos pode entrar para o Guinness Book. É a primeira-dama mais econômica em palavras do mundo. Questão de oportunidade Krishna Siqueira, ex-namorada do Jesus que Madonna levou para Nova York, só dá entrevistas mediante cachê. Será que aceita vale-refeição?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.