Bloco é a saída para ''participar do jogo''

Os líderes apontam uma distorção resultante das eleições. Um partido médio, por exemplo, ficará sem espaço na Câmara se não se juntar a outras siglas. O regimento trata o bloco parlamentar como um único partido para efeito de distribuição dos cargos na Casa. "Queremos participar do jogo", avisa Rodrigo Maia (RJ).

, O Estado de S.Paulo

05 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.