Gilberto Amendola/Estadao
Gilberto Amendola/Estadao

Blocos Jegue Elétrico e Bastardo animam foliões de Pinheiros, em SP

Blocos se destacaram no quesito fantasia, personagens de história em quadrinho, piratas e bailarinas

Gilberto Amendola, O Estado de S.Paulo

03 de março de 2019 | 15h37

SÃO PAULO - Na torcida pra chuva esperar mais um pouco, o bloco Jegue Elétrico é quem puxa os moradores de Pinheiros para fora de suas casas e prédios, neste domingo, 3. 

Com clima familiar e de matinê, o bloco se destaca no quesito fantasia, personagens de história em quadrinho, piratas e bailarinas. Diferente de outros blocos, a corda de isolamento será usada por crianças pequenas e idosos.

 “Trouxe o meu netinho. Acho que para trazer criança, você tem que pegar o início do bloco. Depois fica complicado”, disse Selma Abigail, 61 anos.

Bloco Bastardo

No Bastardo, que saiu na rua João Moura e desceu a Arthur Azevedo, em Pinheiros, as fantasias dão lugar ao despojamento. “Aqui a gente deixa a fantasia em casa e vem mais à vontade”, comenta a publicitária Fabiane Almeida, 28 anos. “ No máximo, no máximo, um adereço na cabeça ou algo do tipo”, comentou.

O Bastardo também é conhecido por ser um bloco de paquera. Por isso, esse ano, a campanha contra o assédio esteve na boca dos foliões. “Depois que eu disse não, é tudo assédio. Os caras tem que se ligar. Se eu quiser beijar, eu aviso” comentou a estudante Marcia Ludovic, 23 anos.

O Bastardo também é a alegria dos ambulantes. Na região, encontra-se de hot dog a yakisoba por R$ 10. Grupos de amigos dedicados a produzir selfies também se multiplicam pelo Bastardo .

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.