Bloco quer debate com ''paciência''

Cinco dos 11 vereadores do PT em São Paulo e três deputados estaduais formaram na noite de quinta-feira o "bloco da paciência". O grupo defende o fim das reuniões nos diretórios zonais para decidir qual pré-candidato à Prefeitura apoiar, evitando "antecipação das prévias e pressões externas por uma definição", nas palavras de um parlamentar. No bloco estão os vereadores Antonio Donato, presidente do diretório municipal, Ítalo Cardoso, líder da bancada, José Américo e Chico Macena, da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), além do deputado Adriano Diogo, que foi secretário na gestão Marta Suplicy.

Iuri Pitta, O Estado de S.Paulo

13 Agosto 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.