Blogs ajudam a localizar desalojados

Páginas trazem listas com os nomes de quem está nos abrigos

Mônica Cardoso, O Estadao de S.Paulo

28 de novembro de 2008 | 00h00

A dona de casa Sirlene da Luz, de 42 anos, mora em Itajaí, uma das cidades mais atingidas. Seu tio Dilson Umbelino, de 50, vive na mesma cidade, em outro bairro. Com as chuvas, perderam o contato. Ela pediu aos bombeiros que fossem até a casa do tio, mas não dava nem para ver o nome das ruas nas placas, encobertas pelas águas. "Ele é o único desaparecido da família", diz. Foi aí que soube de dois blogs de moradores que ajudam na procura por desaparecidos (http://desabrigadositajai.wordpress.com e http://arcadenoe.ning.com). Os blogs fornecem listas com nomes dos desabrigados que estão nas escolas, creches e igrejas. "O nome dele não consta da lista de desabrigados, mas sei que está vivo porque também não está entre os mortos", acredita. Ela pediu para a filha deixar uma mensagem com o nome do tio. Por enquanto, não recebeu resposta, mas não perde a esperança. Para ela, que vivenciou outra grande enchente no Estado, em 1983, a internet pode ser um aliado. A importância da ferramenta fica maior para quem tem familiares em outras cidades. A dona de casa Glaci dos Santos, de 50 anos, mora em Paissandu (PR), e o filho Anderson, de 24, em Blumenau (SC). Há cinco dias, ela não tinha notícias. "Ligava para a casa dele e para o celular, mas não atendia." Sabendo do blog ilhadosemblumenau.wordpress.com, decidiu postar uma mensagem, uma vez que o nome do filho não constava da lista dos desabrigados. Ontem, finalmente, Anderson conseguiu telefonar. Ele estava na casa de amigos, sem poder sair. Os telefones não funcionavam e o celular ficou debaixo d?água.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.