Blumenau ainda tem 20 mil pessoas sem energia elétrica

Cidades com mais danos estão Ilhota, Itajaí e Camboriú; região do Morro do Baú é uma das mais atingidas

Agência Brasil,

28 de novembro de 2008 | 14h09

A região de Blumenau - uma das mais atingidas pelos temporais que atingem Santa Catarina há pelo menos dois meses - ainda tem 20 mil pessoas sem energia elétrica. De acordo com o último boletim divulgado nesta sexta-feira, 28, pela Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), há problemas em 7,9% da rede de energia elétrica.    Veja também: Saiba como ajudar as vítimas da chuva IML divulga lista de vítimas identificadas SC pode ter mais chuva e deslizamentos Defesa Civil foca esforços no Morro do Baú SC tem nove rodovias totalmente interditadas Massa doa macacão em prol das vítimas Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Blog Ilha do sem Blumenau  Blog Desabrigados Itajaí  Blog Arca de Noé  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas        Segundo a empresa, a recuperação do sistema de alta tensão, atingido pelas enchentes e por deslizamentos de terra, é gradual e avançou em 37% desde a tarde de quinta. "Entretanto, em muitas unidades consumidoras, ainda não há eletricidade pois o sistema de baixa tensão está comprometido em várias áreas por dano às instalações residenciais e/ou nos medidores", diz o boletim, que informa ainda que a cidade de Brusque também apresenta problemas no sistema - 10% dos pontos estão sem eletricidade.   Entre os municípios com maiores danos estão Ilhota, Itajaí e Camboriú. O ponto considerado mais crítico pela Celesc é o Complexo do Morro do Baú, ainda sem energia. Cerca de 20 equipes prestam atendimento comercial, mas apenas nas localidades em que a água já baixou.   A Celesc alerta que os moradores das regiões catarinenses atingidas pelas chuvas devem manter uma distância segura de fiações elétricas danificadas, além de deixar desligados equipamentos elétricos que estejam sob a água. Caso haja infiltração nas instalações elétricas, a orientação é desligar todos os disjuntores. A empresa pede ainda que os moradores comuniquem imediatamente queda de postes e cabos da rede.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.