BNDES aprova pacote de medidas para ajudar Santa Catarina

Objetivo é cooperar com o esforço de recuperação no Estado, afetado pelas fortes chuvas desde novembro

Agência Estado,

05 de janeiro de 2009 | 16h10

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um conjunto de medidas de apoio emergencial ao governo de Santa Catarina e às empresas da região localizadas nos municípios que declararam estado de calamidade pública ou situação de emergência. Segundo nota divulgada na tarde desta segunda-feira, 5, pelo banco, "o objetivo é cooperar com o esforço de recuperação da economia local afetada pelas enchentes que ocorreram no final de 2008".   Veja também: Chega a 10 os munícipios em situação de emergência em SC Todas as notícias sobre chuvas em Santa Catarina   O Programa de Apoio Emergencial a Santa Catarina (Paesc) foi criado com dotação de R$ 100 milhões para financiamento de capital de giro a micro, pequenas e médias empresas. Outras medidas aprovadas foram a ampliação do Programa de Apoio à Revitalização de Empresas (Revitaliza), com condições especiais de financiamento, e a criação do Programa de Refinanciamento de Créditos (Refin Especial), também para empresas da região.   Além dos três programas, será refinanciado o crédito concedido pelo BNDES ao Estado para pagamento de dívidas com as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) no período do apagão, o que, segundo o banco, permitirá um alívio de caixa para o Tesouro estadual. Os municípios afetados por enchentes também terão prioridade na obtenção dos recursos financeiros do Programa de Intervenções Viárias (Provias), voltado para obras municipais de infra-estrutura.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvas em SCvítimas das chuvasBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.