BNDES triplica limite de financiamento para prefeituras

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ampliou de R$ 2 milhões para R$ 6 milhões o limite de financiamentos que as prefeituras poderão solicitar ao banco estatal de fomento. Segundo nota divulgada pelo banco, as prefeituras poderão solicitar esses empréstimos no âmbito do Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT). Segundo o banco, o número de operações passou de 110 para 400, nos últimos três anos. O PMAT foi criado pelo BNDES em 1997 com o objetivo de aumentar o nível de eficiência fiscal dos municípios a partir da base de receita tributária já existente, aprimorando o aparelho arrecadador. A carteira de financiamentos no âmbito do PMAT tem hoje 384 operações, totalizando R$ 750 milhões. Desse total, 251 operações foram realizadas por meio do Banco do Brasil - mandatário do BNDES para o programa - e chegam a R$ 282 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.