BNDES vai financiar R$ 157 milhões para a Polícia Civil do Rio

Recursos serão utilizados para obras civis e aquisição de equipamentos e mobiliário para delegacias e cadeias

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

18 Agosto 2009 | 11h56

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou apoio financeiro ao Estado do Rio de Janeiro, no valor de R$ 157 milhões, destinado à conclusão do Programa Delegacia Legal em todo o Estado. O anúncio será feito nesta terça-feira, 18, durante cerimônia com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na comunidade do Pavão/Pavãozinho, no Rio.

 

Os recursos do BNDES serão utilizados em 81 intervenções: obras civis e aquisição de equipamentos e mobiliário de 44 Delegacias Distritais; 13 Delegacias Especializadas, 14 Postos regionais de Polícia Técnico-Científica (PRPTCs), sete cadeias públicas, uma Casa Abrigo de Mulheres, nova sede para o Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) e o complexo "Cidade da Polícia". As intervenções estão previstas para serem entregues em 13 meses.

 

O programa é voltado para todas as unidades operacionais da Polícia Civil, que dentre suas atribuições fazem registros de ocorrência, investigação e inteligência além das atividades administrativas de apoio. O modelo busca o resgate da autoestima do policial e de sua imagem institucional mediante a melhoria da produtividade e da qualidade dos serviços da Polícia Civil, a criação de uma infraestrutura adequada, a padronização das rotinas, o uso de tecnologia, o treinamento permanente dos recursos humanos e a reestruturação dos processos de trabalho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.