Boliviano é preso com 54 cápsulas de cocaína no estômago

Em uma cadeira de rodas, o boliviano Walter Hugo Anez Vaca não convenceu os agentes da Receita Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos. A suposta deficiência e os sapatos com solas fora do tamanho padrão acabaram desmascarando o traficante. O traficante levou quase 8 horas para engolir 54 cápsulas contendo cocaína e dentro de seus sapatos havia cerca de 800 gramas da mesma droga. Por volta das 21h30 desta quarta-feira, já próximo de acessar a pista do aeroporto, onde embarcaria em um vôo da Varig para Barcelona (Espanha) com escala em Paris, capital francesa, o boliviano levantou-se rapidamente da cadeira de rodas ao pressentir que os agentes iriam testar a sensibilidade no joelho de suas pernas. Ao ser levado para a delegacia do aeroporto, o estrangeiro contou aos policiais que demorou das 10h às 18h para engolir todas as cápsulas. Um raio-X foi tirado do abdome e estômago do traficante, que acabou encaminhado ao hospital, onde passaria por uma lavagem estomacal para eliminar as cápsulas contendo a cocaína.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.