Bolo dos 452 anos de São Paulo é devorado em 4 segundos

Ninguém quis saber de contagem regressiva. Em apenas quatro segundos, o bolo de 452 metros do Bexiga desapareceu das 190 mesas em que foi montado. Às 10h55, milhares de vasilhas foram lançadas no doce gigante de coco que demorou seis dias para ficar pronto e comemorou os 452 anos de São Paulo. De repente, mesas estavam quebradas e o chão, coberto de marshmallow.A roraimense Edileuza Padilha, 47 anos, veio de Boa Vista para celebrar o aniversário da Capital. "Comer esse bolo era o maior sonho da minha vida", revelou. Ela chegou à Rua Rui Barbosa às 7 horas e comemorou a conquista do único pedaço. "É uma delícia". Enquanto a cobertura ainda era colocada, as mais diferentes figuras circulavam pela Rui Barbosa para alegrar o pessoal. Sósias de Roberto Carlos, Raul Seixas e Tim Maia subiram ao palco montado no local e cantaram para o público. Até o Charles Chaplin passou por lá. A Polícia Militar calculou a presença de 1.500 pessoas na Rua Rui Barbosa. Já o presidente da Sociedade de Defesa das Tradições e Progresso da Bela Vista (Sodepro), Walter Taverna, que organiza o evento, disse que "mais de cinco mil pessoas´ foram comer o bolo neste ano. "É a única homenagem à São Paulo que corresponde à grandeza da Cidade", comemorou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.