Anderson Riedel/PR
Anderson Riedel/PR

Bolsonaro determina monitoramento ininterrupto da situação das chuvas em Pernambuco e outros Estados

Equipes do Ministério do Desenvolvimento Regional, do Ministério da Cidadania e das Forças Armadas serão enviadas para prestar o auxílio necessário.

Antonio Temóteo, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2022 | 18h37

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou neste sábado, 28, que determinou ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) o monitoramento ininterrupto da situação das chuvas em Pernambuco e outros Estados do Nordeste afetados.

Em postagem no Twitter, Bolsonaro disse que equipes do Ministério do Desenvolvimento Regional, do Ministério da Cidadania e das Forças Armadas serão enviadas para prestar o auxílio necessário às famílias atingidas.

"Nossos mais profundos votos de pesar e solidariedade às vítimas desse triste desastre, bem como as famílias que tiveram seus bens destruídos pelas chuvas. É um momento difícil para todos. Faremos o que estiver ao nosso alcance para amenizar essa dor", afirmou.

Bolsonaro ainda disse que foi publicado o reconhecimento federal de emergência em 13 municípios de Alagoas. Com isso, foram liberados R$ 2,5 milhões para ações de socorro e assistência humanitária nas duas cidades em situações mais críticas.

Devido às chuvas, pelo menos 30 pessoas morreram em deslizamentos de terra na Grande Recife na madrugada deste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.