Marina Barbosa/Estadão
Marina Barbosa/Estadão

Bolsonaro e Michelle vão para as ruas de Olinda

Bonecões do casal estão entre as atrações deste ano do evento; pela 1ª vez há a homenagem para a primeira-dama

Marina Barbosa, Especial para O Estado

02 de março de 2019 | 00h01

RECIFE - O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle viraram bonecos gigantes para participar do carnaval de Pernambuco. “É uma tradição representar os presidentes. Temos Lula, Dilma e Temer, além de Juscelino Kubitschek, Jânio Quadros, Collor, Marechal Deodoro, Itamar Franco, Getúlio Vargas e Fernando Henrique Cardoso, porque nossa intenção é transformar a história do Brasil em bonecos gigantes”, explica o artesão Leandro Castro, que sempre pede autorização dos homenageados.

Neste caso, a brincadeira foi autorizada pelo governo de transição e logo recebeu o aval do presidente, conta Castro, mostrando, com orgulho, o áudio do presidente recebido pelo WhatsApp. “Parabéns pela sua criatividade, externando através de bonecos de personalidades. E você fez a minha também. Meu muito obrigado pelos seus votos de que dê tudo certo no nosso governo.”

Castro ainda aproveitou a ocasião para perguntar se poderia completar a homenagem com um boneco de Michelle Bolsonaro. “Não tínhamos a tradição de fazer a primeira-dama, mas pensamos que poderíamos começar com Michelle, porque me impressionou muito a atuação dela na posse de Bolsonaro, com a linguagem de sinais”, explicou o artesão, que também não demorou a receber apoio da primeira-dama. 

Segundo Castro, Bolsonaro e Michelle estarão na Apoteose dos Bonecos Gigantes de Olinda – no Alto da Sé, na segunda-feira. Eles ainda participarão do desfile dos bonecos no Recife Antigo, marcado para a próxima terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.