Bolsonaro quer Dirceu como sua testemunha

PROCESSO

, O Estado de S.Paulo

13 Abril 2011 | 00h00

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) vai incluir o ex-ministro José Dirceu como testemunha de defesa se o processo que sofre por racismo e homofobia chegar ao Conselho de Ética da Câmara. Em 1993, diz ele, Dirceu assinou na Câmara uma proposta que reinstituía o trabalho escravo. Sua tese: como ele, Dirceu também não entendeu o texto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.