Bomba explode em casa na zona oeste de São Paulo

Um atentado à bomba deixou, na noite desta segunda-feira, três pessoas feridas em Vila Madalena, zona oeste da capital paulista. Uma mulher perdeu uma das mãos. Os feridos foram levados para o Pronto-socorro do Hospital das Clínicas. O estado mais grave é de Caroline Wissenbach, de 23 anos. Ela perdeu a mão e o punho na explosão e teve queimaduras em várias partes do corpo, mas não corre risco de morte. Foi Caroline quem pegou a bomba com a mão direira. O explosivo estava em uma sacola de plástico, embrulhado como se fosse um presente e pendurado no retrovisor direito do carro dela. Junto com Caroline estavam o pai dela, Walter, e o filho, Iago, de 1 ano e 6 meses. Os dois sofreram queimaduras, foram medicados e estão fora de perigo. A polícia ainda não sabe qual foi o tipo de explosivo usado, mas já tem umsuspeito pelo atentado, um ex-namorado de Caroline que vinha fazendo ameaças e está foragido no momento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.