AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Bomba explode em prédio da Polícia Federal no Rio

Uma bomba explodiu na tarde desta terça-feira no terceiro andar da Superintendência da Polícia Federal (PF) no Rio. A corporação informou que três agentes estavam no local, mas não sabem o que aconteceu. Eles ficaram atordoados pelo barulho, foram atendidos na própria superintendência com problemas de audição e voltaram ao trabalho pouco depois. Seus nomes não foram divulgados.A explosão produziu um estrondo e muita fumaça. O fato ocorreu por volta das 16 horas, em uma sala de 25 metros quadrados onde funciona o Núcleo de Operações da Delegacia de Defesa Institucional (Delinst). Duas janelas ficaram quebradas e um armário, danificado. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados, isolaram a área, mas acabaram dispensados.Até a noite, a PF não sabia ainda que tipo de artefato causou a explosão. A sala, examinada por peritos, é usada para guardar armas, mas o explosivo foi considerado um corpo estranho ao local, freqüentado apenas por policiais federais. A PF abriu um inquérito para apurar o caso e investiga se houve um acidente ou se o artefato foi introduzido deliberadamente. Está descartada a possibilidade de atentado.Uma fonte da corporação, porém, que falou sob condição de permanecer anônima, acredita que a explosão pode ser resultado de uma disputa entre policiais da própria Delinst. A delegacia é responsável, entre outras atribuições, pela segurança de autoridades. Durante as eleições deste ano, todo o efetivo da PF no estado atuou no combate ao crime eleitoral sob o comando da Delinst.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.