Bombeiro é baleado quando apagava incêndio no Rio

Um bombeiro que combatia um incêndio em São Cristóvão, zona norte do Rio, foi baleado na manhã deste domingo. O cabo Flávio da Silva, de 26 anos, ajudava a apagar o fogo em um sobrado abandonado na Rua Figueira de Melo quando criminosos em um Astra roubado atiraram contra policiais militares que orientavam o trânsito no local. Os PMs perseguiram os criminosos, que abandonaram o Astra e fugiram. Por causa do tiroteio, a polícia chegou a interditar um trecho da Linha Vermelha, via expressa que cruza o bairro de São Cristóvão. Assustados, motoristas deram marcha à ré para escapar.Atingido na virilha, Silva foi encaminhado ao Hospital Souza Aguiar, no centro, onde passou por exames. A assessoria do Corpo de Bombeiros informou que o estado do cabo não é grave e que ele pode ser transferido para o hospital da corporação ainda neste domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.