Bombeiro é morto por tiro acidental de seu filho

O cabo do Corpo de Bombeiros Ricardo Antônio Vilas Boas, 39 anos, morreu na tardedesta terça-feira ao ser atingido por um tiro acidental efetuado por seu filho de 5 anos. Atragédia abalou o bairro de Itajaí, na periferia de Campinas, onde residia a vítima.Vilas Boas chegou a ser atendido no Hospital da PUC (Pontifícia Universidade Católica deCampinas) Celso Pierro, mas não resistiu aos ferimentos. Nesta terça-feira, ele deveriaseguir para Guarujá, onde atuaria na Operação Verão na baixada santista.O cabo trabalhava na Escola de Sargento, em São Paulo. Seu corpo foi transladado para Monte Sião (MG), onde seria sepultado nesta quarta-feira. Casado, deixa esposa e 3 filhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.